Norte

Um cantinho acolhedor para uma escapadinha romântica no Gerês

Quer visitar o Gerês com a sua cara-metade, mas não faz ideia de onde dormir, o que fazer e onde comer? Saque do papel e da caneta e comece a tirar notas!

O Parque Natural da Serra do Gerês esconde encantos que me surpreendem sempre que lá vou. Sair da cidade e ficar no meio da natureza onde se respira ar mais fresco e doce. Onde o céu é mais estrelado e parece levar-nos para uma viagem pelo espaço. Onde somos embalados pelo correr das águas e o leve chilrear dos pássaros escondidos nas árvores.

Este é um local encantador para uma escapadinha romântica. Aqui nada distrai ou stressa. Aqui poderá dedicar-se a partilhar o prazer de estar com a sua cara-metade, abraçados pela beleza que os rodeia. Continue a ler para descobrir algumas dicas para tirar partido da região.

Onde ficar no Gerês

Localizado no coração do Gerês, o Hotel Adelaide é um hotel onde o conceito familiar não é apenas um conceito, é uma realidade. E são as pessoas que fazem dele muito mais do que um simples sítio para dormir. E não digo isto de forma leviana.

A Dona Adelaide e familiares, já perto do século de vida, ainda se sentam no lobby a aquecer-se junto à lareira. Aqui sentimos que o staff preocupa verdadeiramente com os hóspedes. Além de fazerem questão de perguntar aos hóspedes, por diversas vezes, se precisam de algo, facilmente param para conversar um pouco ou até partilhar um café. A preocupação é tão verdadeira que depois de um hóspede ter uma pequena indisposição todos no hotel fizeram questão de perguntar se alguém sabia se este se sentia melhor. Por uns dias, é como se fôssemos todos parte da mesma família.

Poderão vocês argumentar que o ambiente familiar é um traço muito comum aos hotéis do Gerês. E não estarão errados. No entanto, o Adelaide tenta destacar-se das outras ofertas no Gerês e tem-se modernizado aos poucos: com a decoração que se destaca no lobby, simples e com linhas atuais, mas, muito confortável. Há lareira, sofás aconchegantes e um pequeno bar que convida os hóspedes a descer do quarto para relaxar um pouco antes de dormir.

 

No Adelaide, o restaurante é outro dos espaços que vale a pena destacar, mais uma vez, pela oportunidade que nos dá de desfrutar dos encantos da paisagem. Aqui não só é servido o pequeno-almoço, como o almoço e jantar, durante os quais é possível provar algumas iguarias da gastronomia minhota, como a posta serrana e os rojões com papas, mas também pratos vegetarianos.

Do outro lado do vale, pode ver-se a piscina que, apesar de não estar junto do hotel, faz parte do mesmo. Este é um dos poucos sítios neste vale onde o sol incide desde a manhã até ao fim do dia e é, por isso, ideal para os dias mais quentes. Dica: são servidas refeições ligeiras ao almoço junto à piscina, que poderão substituir a refeição no hotel, caso esta esteja incluída no alojamento. À noite o espaço transforma-se num bar com animação. O transporte para o local é providenciado pelo hotel.

O que fazer no Gerês

O Gerês é, por excelência, um destino de natureza, com muito para fazer e descobrir ao ar livre. E o Hotel Adelaide tem a grande vantagem de ter desenvolvido parcerias com várias empresas de atividades da região. Se gosta de desbravar caminho, poderá fazer trilhos com guia e explorar a serra. Existem vários tipos de trilhos à escolha para iniciados e para os mais experientes. Para conhecer o calendário e fazer marcação poderá abordar o hotel, que oferece o seguro para a realização desta atividade.

Se não é muito de caminhadas, que tal um passeio a cavalo? A GerêsMont fica a poucos minutos do hotel e organiza passeios a cavalo acompanhados onde poderá desfrutar da natureza na companhia da sua cara metade num passeio romântico pela natureza. Caso goste de mais aventura e adrenalina, a empresa também disponibiliza, entre outros, passeios de BTT, Jipe, Moto4 ou KartCross, canoagem e canyoning.

A minha dica para surpreender a sua cara metade? Prepare um lanche e vá até à piscina natural de água quente em Lobios, Espanha. Apesar de ficar a cerca de 22km do hotel, é um passeio que vale bem a pena porque atravessa a zona protegida do parque. A piscina é gratuita e aberta ao público durante todo o ano, incluindo à noite. No entanto, não tem balneários, por isso o ideal será levar a roupa de banho já vestida.

De volta ao hotel, é possível usufruir do serviço de massagens, com várias técnicas, que ajudam a relaxar depois de todas estas atividades. Bónus: se marcar com antecedência terá um desconto de 10%.

Onde comer no Gerês

No centro da vila do Gerês, poderá encontrar o Petiscos da Bó Gusta, que oferece tapas, mas também pratos completos com receitas da gastronomia tradicional. A começar pela deliciosa broa com carne de entrada, seguida pela posta à Bó Gusta (suficiente para duas pessoas), passando ainda pela chanfana de javali e pelos cogumelos salteados, o menu é bem variado e o espaço é moderno e acolhedor.

Outra opção agradável para um momento romântico é O Abocanhado. Com uma arquitectura que se integra na encosta da Serra Amarela e com vista para o vale do Rio Homem, o restaurante tem janelas panorâmicas, que permitem apreciar a vista da serra, e uma varanda exterior onde se servem refeições, para os dias mais quentes. Aqui vai certamente querer comer devagar e saborear cada elemento dos pratos singulares que o menu oferece. Mexidos de alheira, mimos de morcela com puré de maçã, tibornada de bacalhau, garnisé estufado com Porto são algumas das delícias que pode experimentar e partilhar.

Se gostou desta sugestão de hotel e dicas, não perca ainda:

Artigos sugeridos:

Norte

5 fantásticos hotéis para uma Escapadinha no Gerês

Portugal

3 hotéis para escapadinha a dois na Natureza

Sobre o autor convidado

Simão começou a viajar para fugir da sensação de vazio que a sua rotina lhe trazia, para encontrar um propósito, e nunca mais parou. Acabou por descobrir que conhecer novas culturas e, principalmente, novas pessoas e as suas histórias o fazem sentir-se completo. E foi com o intuito de contar todas estas aventuras que nasceu o Tuga Viajante.
Visite o blog Tuga Viajante